fbpx
Menu fechado

Como estão os controles da sua empresa?

   Como estão os controles da sua empresa? Isso mesmo: como você anda controlando a parte financeira de seu negócio? Aliás, o controle não se resume às finanças… Também há os controles de vendas, de produção e estoque, de marketing, de funcionários e fornecedores e mais alguns. De qualquer forma, a pergunta é a mesma. Como estão esses controles dentro do seu empreendimento?

   Se respondeu tudo certo (e com isso você tem total certeza do que está falando) e realmente está tudo sob controle, parabéns! Você está em uma lista seleta daqueles que mantêm um controle como um todo da empresa.

   Mas se sua resposta foi algo como “mais ou menos”, “‘tá indo” ou “não faço a menor ideia”, não se assuste muito, pois infelizmente a maioria das micro e pequenas empresas partilham das mesmas respostas. É claro que você não deve ficar tranquilo quanto a manter a empresa assim, sem controle. Pois, se o seu negócio ainda não está perdendo dinheiro (o que pode estar acontecendo e você nem percebeu), isso pode começar a acontecer a qualquer momento por falta de controle.

   Sabemos que o empreendedor de micro e pequenos negócios é o famoso “faz tudo”: paga as contas no banco, cuida do salário dos funcionários, vende, coloca a mão na massa e até cuida da limpeza. Essa é a realidade de muitos pequenos empreendedores. Assim, fica difícil ser especialista em algo e cuidar de tudo. Porém, controlar o negócio é algo indispensável, tanto para chegar ao sucesso, quanto principalmente para não derrubar sua ideia e sua empresa.

   Quando falamos em controles, saiba que você não precisa necessariamente ter complexos sistemas de gestão ou um monte de burocracias e protocolos. Ter um controle geral do negócio significa saber o que se passa dentro da organização, seja com seu pessoal ou com seus clientes e patrimônios.

   Cada empresa possui suas particularidades, ou seja, cada uma possui seu modo de existir e fazer as coisas, mas o que todas têm em comum são os processos, que se utilizam de recursos, que por sua vez se transformam em resultados. Sendo assim, todos os processos, recursos e resultados precisam ser “vigiados”, para que se cumpra o planejado e se corrijam os problemas.

   Use as ferramentas que quiser, da forma que quiser, no tempo que quiser. Você só precisa estabelecer controles. Nada de investir e simplesmente esperar retorno. Acompanhe, corrija, mude, verifique e esteja presente da melhor forma que puder, mesmo que não presencialmente. Lembre-se, o negócio pode até ser só seu, mais os resultados serão para muitos.